WEBMOTORS

fevereiro 7, 2009

Nova Lander 2009 Yamaha XTZ 250

Filed under: MOTOS — Tags:, , , , , , , — Pedrão @ 6:15 am

Nova Lander 2009 Yamaha XTZ 250

xtz_lander250_2009_azulmO modelo deu a volta ao Mundo em 90 dias nas mãos do aventureiro da Paz, Rodrigo Fiúza, recebeu novos grafismos, novo catalisador e sensor de O²

A Yamaha XTZ 250 Lander é uma motocicleta adiante do seu tempo, que surpreende no desempenho esportivo sobre qualquer terreno. A XTZ 250 é uma motocicleta versátil que transpõe os obstáculos do dia-a-dia, com conforto, robustez e economia, uma verdadeira injeção de adrenalina. A XTZ 250 é confiável e tem uma aparência elegante com equipamentos sofisticados.

Para o desenvolvimento do modelo a engenharia da Yamaha partiu de algumas premissas sem poupar esforços; uma particularidade da XTZ 250 está em romper com a tradição Yamaha de veículos off-road e criar um produto nesse segmento com excepcional estabilidade e dirigibilidade para ser utilizado com conforto, nos deslocamentos urbanos onde geralmente a pavimentação e lombadas são obstáculos a serem transpostos.
xtz_lander250_2009_azulm1
Em seu projeto foram aplicados os mesmo conceitos utilizados para o desenvolvimento da XT 660R, porém em uma motocicleta de menores dimensões e com um comportamento dinâmico otimizado para o uso urbano.

Como sua irmã street YS 250 Fazer, a tecnologia e know-how empregados são os mesmos utilizados nas Yamaha YZF-R1 e YZ 450F que fazem uso do pistão forjado e cilindro com revestimento cerâmico – maior resistência e melhor dissipação do calor.

Seu propulsor é um monocilíndrico, quatro tempos, OHC (comando de válvulas no cabeçote) de exatos 249 cc que desenvolve 20,7 cv a 8.000 RPM e 2,09 kgf.m de torque a 6.500 RPM, comandando por um eficiente sistema, a ECU (Unidade de Controle Eletrônico), que monitora e analisa as informações de dez sensores e transmite os comandos aos vários sistemas, para que funcionem de forma ideal para atender às mais diferentes condições de pilotagem, como por exemplo, o sensor de ângulo de inclinação que é usado para interromper a injeção do combustível quando houver uma inclinação da motocicleta superior a 65 graus.
xtz_lander250_2009_azul
A Injeção Eletrônica aliada ao AIS (Sistema de Indução de Ar) – um dispositivo no qual através de válvulas interligadas com o filtro de ar, injeção, cabeçote e catalisador asseguram menores emissões de gases poluentes.

A alimentação por injeção eletrônica resulta num funcionamento muito mais eficiente do motor, tornando a XTZ 250 mais econômica em razão da melhor queima do “combustível”, além de permitir respostas rápidas em quaisquer regimes de giro.

O conjunto mecânico ainda conta com outros componentes que colaboram para a segurança, robustez e qualidade dos componentes da XTZ 250, como; engrenagem compensada com mola amortecedora instalada na extremidade direita do eixo balanceador, engrenagens das 5 marchas reforçadas, caixa de filtro de ar com grande capacidade (3,5 litros) para um melhor funcionamento do motor em baixas e médias velocidades.

O tanque de combustível tem capacidade para 11 litros com tratamento em zinco – anticorrosão. As rodas com aros em aço levam pneus Metzeler de 80/90-21 M/C 48S na dianteira e 120/80-18 M/C 62S na traseira.

O assento comporta duas pessoas com muito mais conforto, o painel de instrumentos acomoda um único mostrador de Cristal líquido multifuncional com hodômetro total e dois parciais (TRIP-1 e TRIP-2), mais hodômetro do combustível (F-TRIP), indicador do nível de combustível, relógio e conta-giros, também digital, além de leds; indicador do neutro, farol alto, luz de direção e alerta do motor.

A XTZ 250 no uso em perímetro urbano oferece vantagens como; ótimo torque, respostas precisas e excelentes retomadas. Em velocidades mais elevadas ou mesmo em velocidade de cruzeiro, com piloto e garupa de estatura mediana, a velocidade final fica um pouco acima da velocidade máxima de 120 km/h permitida na maioria das rodovias nacionais.

Seu chassi é do tipo semi-berço duplo. A suspensão dianteira reforçada do tipo telescópica tem curso de 240 mm, enquanto a traseira, Monocross, tem 220 mm de curso. Os freios têm alto poder de frenagem, na frente leva um disco com 245 mm de diâmetro e pinça com dois êmbolos, na traseira tem um disco de 203 mm de diâmetro.

A XTZ 250 é a motocicleta ideal para o transporte pessoal, no trabalho, no lazer, para os motociclistas em deslocamentos na cidade, área urbana e estradas ou no off-road em trilhas. O modelo está disponível na Rede Autorizada Yamaha, nas cores azul, vermelha ou preta.

A XTZ 250 Lander está em acordo com as normas previstas para a Fase III do Promot –  em vigor a partir de janeiro de 2009, a qual tem por objetivo a diminuição na emissão dos gases poluentes no meio ambiente, especificamente dos ciclomotores, motociclos e similares.

As motocicletas Yamaha têm um ano de garantia, sem limite de quilometragem. A Yamaha conta atualmente com uma rede de 488 Concessionárias Autorizadas Yamaha.

XTZ 250 Lander, 92 mil km percorridos ao redor do Mundo em três meses

Com um projeto lançado em 2002, chamado “Caminhos da Paz”, o mineiro Rodrigo Fiúza, 33, busca levar uma mensagem de união e solidariedade aos governantes dos países visitados, fornecendo sempre algum auxilio a população local. O projeto já soma 36 países visitados com mais de 10 toneladas de alimento distribuídos.

Sua última aventura, neste sentido, teve início no começo de junho, quando saiu de Lisboa, em Portugal, a bordo de uma Yamaha XTZ 250 Lander para uma volta ao mundo. Com o reconhecimento do governo brasileiro e da UNESCO, o objetivo foi o mesmo, ou seja, promover a paz entre os povos. Nesta incrível viagem de três meses de duração ele passou por mais de 15 países, inclusive a isolada transiberiana, e bateu o recorde mundial de distância percorrida em duas rodas – que deve ter o reconhecimento no Guiness Book em 2009, além de divulgar a marca Yamaha, sua parceira desde 1998.

xtz_lander250_2009_vermelha_lateral

xtz_lander250_2009_preta_lateral

Encontre Lander XTZ 250 no Buscapé

Leia também:

Nova XR 250 Tornado!
Nova Twister, ou seria kriva?
CG Titan 2009 faz mais de 40 km/l
Novo Uno e projeto Viva
Ar condicionado gasta mais? Nem sempre!!!
Moto de US$ 125 000 feita por preparador!
Maxi-Eco promete motor de 60 km/l
Novo BMW 3 em 1
Flagrado Porsche Panamera!
GP Limo: Limousine de corrida
Moto GP: Nova máquina de Rossi em 2009
Picape do Peugeot 207 flagrada nas ruas
Os tunados mais esquisitos!
Novo Clio cai na internet
Versátil e econômica: Nova Yamaha XTZ 125 2009
Porsche mostra seu bólido: 911 GT3 2010
Motos ecologicamente corretas: híbridas e a gás!
Pneus: entenda as medidas
Estoque 2008 encalhado!
Hayabusa 2009
O mais econômico!
Nova Yamaha TTR 230 2009
Nova Honda CBX Twister, possível Kriva?
Motos chinesas invadem mercado nacional!
Novos carros e regras da F1 2009
Nova Saveiro com cabine estendida se chamará Arena
Fiat Palio 2010 – Em busca do terreno perdido

About these ads

10 Comentários »

  1. Interressante!

    Comentário por leo — maio 25, 2009 @ 7:12 pm

  2. Noooooosaaa…ta muito lindona…

    Comentário por Lorena — maio 29, 2009 @ 1:45 pm

  3. eu ainda nao sou cliente da ymaha so que eu gosto dos modelos das motos da ymaha num dia que aymaha lançar um moto 150 com ou modelo da cactar a obda ja era porque ou desenhade das motos ymaha hoje conquista ou mercado por dois coisas um elas nao se quebra falci e outra os modelos sao a gressivos marcos leoncio que sabe um dia eu vou ter um ymaha

    Comentário por marcos leoncio — junho 18, 2009 @ 12:15 pm

  4. ela e de mais

    Comentário por meirilania — outubro 13, 2009 @ 10:39 am

  5. Essa moto é muito loca. Posso falar isso com plena convicção, eu tenho uma. Igualzinha a essa dai, preta e verde. Moto rápida, segura, bonita e altamente tecnológica. Quando falam que a Lander XTZ 250 é uma moto acima do seu tempo, não há exagero. É muito acima mesmo. Diferente demais de suas concorrentes, sem falar que é uma YAMAHA. Show de Bola!! Estou muito Satisfeito. Minha próxima conquista é uma XT 660R.

    Comentário por Martlei — março 5, 2010 @ 10:53 am

  6. Tenho uma Lander 2009 e queria que ela tivesse a aparência mais moderna da LanderX mas com os pneus de terra, daí tive uma idéia que muitos já tiveram só que aprimorei um pouco para que não parece-se com moto personalizada.
    Comprei as peças da dianteira da LanderX, mas não pintei o para-lama, ficou o preto mesmo, e coloquei as laterais do acento na cor preta com os adesivos da asul, que deu um aspecto mais agressivo à moto.
    O rezultado vocês podem ver no link abaixo…

    Comentário por Ednaldo — março 23, 2010 @ 5:46 pm

  7. Eu posso te assegurar que essa moto da Yamaha é a melhor On/Off Road que eu ja andei mas, só perde para o modelo da mesma marca XT 660R que é bem mais potente, mas quem comprar uma Lander XTZ 250 nao vai ficar na mão.

    Comentário por Giann — julho 27, 2010 @ 7:54 pm

  8. sou coringa insulfilm´s guaruja S.P. tenho uma lander azul c/ aro amarelo ouro ,a moto (style) c/ guidao da feizer cor do guidao branco. c/peso( pinça de freio branca ) c/ escapamento dimencionado modelo rd 135 cromado ,traseira socada , ( nao uso pisca traseiro nem dianteiro ) (comentario dos apaixonado por moto que a minha lander e´ a mais style da cidade de guaruja S.P. )nomomento nao tenho foto (vo tirar varias foto dela ,fazer um video da minha motocicleta (quero umas sujestoes,mede umas dicas bem lokas

    Comentário por edgard martins lopes — outubro 13, 2011 @ 8:12 pm

  9. pessoal, tenho uma xtz 125 2011 azul…linda..economica…ate agora so gastei com oleo gasolina e o peneu traseiro. ta com quase 15.000 km mas sinto muita falta de mais potencia para as ultrapassagens. moro na zona rural mas uso bastante para viagens no final de semana .embora sendo uma 125 anda comigo e minha namorada a 100km nas retas e 120 nas decidas. deixa muito a desejar nas subidas 80km.estou muito LOUCO para comprar uma lander pois acredito que vai pegar uns 30 km a mais que a velocidade final da xtz 125 em qualqer lugar. acho porque a cg 150 pega 15 km amais .e tem so 3 cv a mais que a xtz 125 hahahahah ja a lander tem quanto quamto…. 11 se nao me engano… entao pensen no estrago que esse belo motrzinho da lander vai fazer.jente tirem da cabessa que as motos yamaha sao ruim. morro na regiao oeste de santa catarina e aqui a motosun yamaha e chou de bola.tenho 3 amigos que tem motos yamaha… uma fazer… uma criptom..e uma…factor…e nunca vi eles reclamarem das motos.

    Comentário por Diógenes Cássio Santin — janeiro 18, 2013 @ 9:34 am

  10. Pessoal tenho uma xtz 125 ,essa moto me queimou a língua pois até comprar a mesma só tinha usado motos da honda,e por isso achava que as yamaha não eram boas.Mas sinceramente,essa moto mesmo sendo de baixa potência me surpreendeu e muito pois eu faço trilhas e uso ela na cidade e em viagens,e ela nunca me deu despesas de peças,apenas as revisões e combustível mesmo.Tô vendendo ela pra comprar uma XTZ 250 Lander pois a minha 125 me fez perceber que essas motos além de ter um ótimo desempenho e economia de combutível elas tbm são muito duráveis tornando elas em uma excelente opção.Sou apaixonado pelo modelo XTZ sendo 125 ou 250 ,são lindíssimas e muito resistente.

    Comentário por Thulio Santos — abril 11, 2013 @ 8:51 pm


Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Silver is the New Black. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: