WEBMOTORS

janeiro 22, 2009

CG Titan 2009 faz mais de 40 km/l

CG Titan 2009 faz mais de 40 km/l

 

sem-titulo1

Equipada agora com Injeção Eletrônica, a nova CG Titan prometeu muito em relação ao consumo final de combustível. A sua versão carburada já levava fama de econômica, pois seu consumo está na casa dos 30 quilômetros por litro. O novo modelo também possui motor de 150 cilindradas mas agora alimentado por injeção eletrônica de combustível, o que garante maior rendimento. Em testes realizados, o consumo médio foi de cerca de 40 quilômetros por litro de gasolina. A capacidade do tanque de combustível também foi aumentada, agora com capacidade de 16 litros, a motocicleta é capaz de rodar cerca de 600 quilômetros sem precisar abastecer, mas todo cuidado é pouco na hora de reabastecer, pois a motocicleta não possui reserva, se gastar a gasolina acaba de vez.

Encontre CG no Buscapé

Estava curioso para saber como seria rodar com a popular Honda CG 150 Titan 2009, equipada com injeção eletrônica de combustível. Além da enorme responsabilidade de escrever um teste sobre a nova versão do veículo mais vendido no País — em 2008 foram emplacadas 442.569 unidades — tive a oportunidade de rodar mais de 300 quilômetros com o novo modelo best-seller da Honda em estradas e vias urbanas.

titan-wallpaper_8001

Com injeção eletrônica, a moto mais vendida do Brasil está mais econômica e menos poluente. Testamos em ruas e estradas a Honda CG 150 Titan 2009 versão ESD, a mais completa da linha. Como principais novidades, a CG 2009 apresenta a bem-vinda injeção eletrônica de combustível, que já atende ao Promot 3 — lei que regulamenta a emissão de poluentes por motocicletas, que entrou em vigor no início deste ano. Traz também ligeiras mudanças na ciclística, como chassi mais rígido, melhorias na posição do piloto e garupa. Quanto ao design do novo farol dianteiro, seremos diretos: é na base do ame ou odeie.

O BOM E O RUIM

Rodando, a nova CG 150 chamou a atenção sempre que foi vista pela frente, um fato no mínimo curioso. A culpa é do formato do farol, inédito na linha CG. As opiniões de outros motociclistas e frentistas foram as mais contrastantes possíveis. Desde o “A moto é maneira, está parecendo a Hornet” até um “Horrível, parece a moto dos Power Rangers”. Houve também que achou que vai custar caro consertar, em caso de defeito ou barbeiragem. Mas o que o farol tem de polêmico, tem de funcional.

A OPINIÃO DE QUEM ANDOU

cg_pessoa2

 

 

 

 

 

 

“Achei que ela está um pouco mais fraca. Gostei do banco, bem mais confortável que a minha. Além disso, o acelerador mais curto melhorou para pilotá-la nas estradas. Não gostei (do novo farol). Ele não combinou com o estilo da CG e nem lembra o farol da Hornet”. Augusto Machado, 23 anos, metalúrgico, dono de uma CG Titan 150 ED 2004

cg_pessoa1

 

 

“Gostei, não senti dor nas costas ao andar na nova CG, como sinto ao andar na minha moto. Parece que o guidão está mais próximo das mãos. (O farol) Não é bonito, mas ilumina bem, o facho é concentrado e também facilita a visualização da motocicleta durante o dia”. Cleber Santos, 29, manobrista, dono de uma CG 125 1996

Pilotando à noite, o tão criticado farol é muito eficiente, emitindo um facho de luz bem nítido e concentrado. Os piscas integrados também oferecem melhor visualização no trânsito, mesmo em períodos noturnos. O lado ruim é que, em caso de alguma avaria será necessária a troca do conjunto inteiro. Nas concessionárias paulistanas, a carenagem que envolve o farol custa em média R$ 60, já o preço do farol é mais “salgado”, cerca de R$ 160. Quando vista pela traseira passava despercebida como qualquer outra das milhares de CGs existentes. Mas a rabeta, agora mais funcional e afilada, também mudou: tem as setas integradas à lanterna — o que lembra a Biz 125 — e o conjunto das laterais tem acabamento fosco, pintado na cor prata com detalhes em preto.

IMPRESSÕES

Se já era boa na antecessora, a posição de quem pilota, e também de quem vai de carona, ficou melhor na versão 2009. O piloto sente-se bem à vontade, pois o tanque foi redesenhado e tem melhor encaixe para as pernas. Na garupa, o banco continua com espuma farta, as alças de apoio para as mãos estão mais largas e altas e as pedaleiras estão ligeiramente mais baixas, demandando uma menor flexão das pernas.

Ao virar a chave, um ruído e uma luz no painel avisam que a injeção eletrônica está funcionando. Ligada, a moto funciona perfeitamente, sem engasgos, “buracos” na aceleração ou qualquer outro problema. Benefícios da injeção de combustível. Andando na cidade, ela responde muito bem em saídas de semáforos, ladeiras e retomadas de velocidade. Mesmo com dois ocupantes, o motor sempre se manteve “cheio” apesar da redução no torque — que passou de 1,35 kgfm para 1,32 kgfm a 7.000 rpm.

Mesmo no trânsito complicado, a moto apresentou comportamento exemplar para uma urbana: leve e ágil nas mudanças rápidas de direção. As suspensões — garfo telescópico na dianteira e duplo amortecedor na traseira — mostraram um funcionamento muito bom, copiando as imperfeições do asfalto sem serem rígidas ou moles demais. A versão ESD, testada, tem disco de 240 milímetros de diâmetro e pinça de dois pistões, bastante eficiente para evitar uma fechada de um veículo. O freio traseiro a tambor tem funcionamento regular, sem deixar a desejar para a concorrência.

NA ESTRADA

A sétima geração da CG não foi projetada para pegar a estrada. Mas se respeitarmos seus limites, o modelo encara as rodovias sem problemas. Entre 90 e 100 km/h e com muito vento contrário, a urbana da Honda manteve o ritmo com facilidade, apenas com alguma perda nas subidas.

Após mais de 90 quilômetros era hora de conferir o consumo. A Honda CG 150 Titan rodou 41,2 quilômetros com um litro de gasolina. Boa média, já que a moto tinha apenas 300 quilômetros rodados e o vento contrário costuma prejudicar o consumo.

SEM ATENÇÃO, FICA-SE A PÉ

As outras medições de consumo na cidade e em estradas indicaram que a nova Titan 150 está bastante econômica: em todas registrou média de consumo de 40 km/l. Com o novo tanque de combustível, agora com 16,1 litros, a autonomia poderia chegar a excelentes 600 quilômetros. Por falar em combustível, a CG não tem torneira e nem luz indicando que a gasolina chegou à reserva. Há apenas o tradicional marcador de gasolina no painel e os mais distraídos correm o risco de ter de empurrar a motocicleta. O melhor a fazer é ficar atento ao marcador e abastecer antes do ponteiro chegar na escala vermelha. Disponível nas versões KS (freio dianteiro a tambor e partida a pedal), ES (freio a tambor e partida elétrica) e ESD (freio a disco e partida elétrica), o preço sugerido da novidade é de R$ 6.040 para a versão KS, R$ 6.590 para a ES e R$ 6.990 para a top de linha ESD. A Honda CG 2009 tem quatro opções de cores: azul metálica, prata metálica, vermelha e preta.

FICHA TÉCNICA

Honda CG 150 Titan ESD
Motor: monocilíndrico, quatro tempos, 149,2 cm³, duas válvulas por cilindro e refrigeração a ar.
Diâmetro e curso: 57,3 mm x 57,84 mm.
Taxa de compressão: 9,5: 1.
Potência: 14,2 cv a 8.500 rpm.
Torque: 1,32 kgfm a 7.000 rpm.
Alimentação: Injeção eletrônica PGM-FI.
Transmissão: câmbio de 5 marchas, transmissão por corrente.
Quadro: diamante.
Suspensão: Garfo telescópico na dianteira e duplo amortecedor na traseira.
Freios: disco simples de 240 mm de diâmetro com cáliper de dois pistões na dianteira (versão ESD) e tambor de 130 mm na traseira.
Pneus: Pirelli City Demon 80/100-18, na dianteira, e 90/90-18, na traseira.
Dimensões 1.988 mm (comprimento); 730 mm (largura); 1.098 mm (altura); 792 mm (altura do banco); 1.315 mm (entre-eixos).
Peso (a seco): 119,4 kg (versão ESD).
Tanque: 16,1 litros.
Cores: azul metálica, prata metálica, vermelha e preta.
Preço: R$ 6.990 (versão ESD).
O motor de 149 cm³ apresenta a mesma potência da versão carburada: 14,2 cv a 8.500 rpm, agora alcançada 500 rotações acima da antecessora. O peso a seco da versão ESD testada é de 119,4 quilos, na média da categoria.

 

Fonte: Bruno Parisi/ http://www.uol.com.br/ infomoto

Encontre CG no Buscapé

Leia também:

Nova Honda CBX Twister, possível Kriva?
CNH: Novas regras para habilitação entraram em vigor dia 1° de Janeiro de 2009
Motos chinesas invadem mercado nacional!
Facelifts proíbidos!
Novo Vectra chega em março!
Novos carros e regras da F1 2009
Em dia com a nova lei de Xenon
Moto diesel – EVA Track T-800 CDI
Nova lei para rebaixados
É lançado Captiva de entrada com motor 2.4
CG Titan 2009 faz mais de 40 km/l
Nova Saveiro com cabine estendida se chamará Arena
Novo Uno e projeto Viva
Fiat Palio 2010 – Em busca do terreno perdido
Carro oficial do Presidente Obama
SEGREDO! – Nova geração do Porsche 911 roda na neve



About these ads

16 Comentários »

  1. Q isso!!! viajar nessa cg sai quase de graça!!!
    Se não fosse esse farol esquisito a moto estaria perfeita…. mas aposto que com o tempo todos nós estaremos acostumados com o novo visual da moto do jaspion…..uahuahau

    Comentário por plpruski — janeiro 22, 2009 @ 1:54 pm

  2. Não ter reserva é sacanagem…..uahuahau

    Comentário por plpruski — janeiro 22, 2009 @ 4:26 pm

  3. Quanto os mais de 40km/l de gasolina com solvente mossa , acho que um Ford Landal v8 a álcool também faça 40km/l.

    Comentário por Valdeir — fevereiro 10, 2009 @ 10:28 pm

  4. eu nao gostei do novo modelo, muito menos do antigo, menos ainda de todos os outros mais antigos.. … gente.. moto bonita (nao to falando se boa ou nao..) eh a suzuki burgman 400, ou a burgman 650, ou uma harley toda cromada, ou uma esportiva, como as ducati, isso eh moto bonita.. massssssss… mais de 40km/l, e “assistencia técnica” em qualquer esquina, às vezes, até no meio do transito,.. hehhehe to querendo comprar uma!!! weeeeeeeeee

    Comentário por kiwigairu — fevereiro 17, 2009 @ 2:21 am

  5. Na minha opiniao a honda sempre lançou motos que estão faltamndo alguma coisa, mesmo sabendo disso eles mandam para vendas o que acontece o pessoal compra por ser nova e por ter inovações ou até mesmo por ser do ano, daqui até 2010 eles lançam a nova honda cg titan com essas coisas que faltam falando que agora esta completa e melhor e tal, mas sempre faltara! porque se não vão inventar o que no proximo ano se lançar ela completa? qual seria a novidade? tentar imitar motos de grandes potencia como fizeram com o farol dela? a inovação nunca para mas cá entre nós esta faltando eles atenderem as opinioes dos usuarios de como ela deve ser e onde pode melhorar desculpe se falei demais mas é minha opinião!!!

    Comentário por Lauro — março 16, 2009 @ 9:16 pm

  6. o unico problema é so pega 110 no pau do carai

    Comentário por marcelo marcos — março 21, 2009 @ 3:08 am

  7. Nossa!!! O farol é bem fêim, mas se dizem que é funcional aí o assunto “farol” pode ser vistos de outra forma. Não tem coisa pior que pilotar uma moto e quando você precisa do farol é aquele negócio que mais parece um candeêiro. Se melhorou a visibilidade noturna por mim e por Jaspion está aprovada!!! Quanto a luz indicadora de reserva eu vejo da seguinte forma: Se o cara não presta atenção que abasteceu há um tempo é melhor ele comprar uma bike.
    Abraços e cuidado galera!

    Comentário por Benedito — março 22, 2009 @ 8:14 pm

  8. as primeiras cg ja fasia 40 por litro e anda os mesmo 100 por hora

    Comentário por ilonir — junho 1, 2009 @ 9:58 pm

  9. Estou muito satisfeito com a minha Honda 2009!!!
    O resto é resto.

    Comentário por arlindo burgman — julho 15, 2009 @ 11:29 am

  10. agora ela esta com conforto,pra viajar esta excelente,as posisoes das mãos,as costas não doem E RABETA ES LINDA,OTIMO!MAIS… O FAROL VEIO FEIO DE MAIS
    ONDE FOI Q ESSES CARA TAVA COM OS OLHOS??TEM Q MUDAR URGENTE
    MAIS É MUITO FEIO !!!!
    NÃO PODE DEIXAR UMA MOTO DE UM GRANDE CONFORTO SE SUBIMETER A TAMANHA FEIURA

    Comentário por binderle — julho 15, 2009 @ 2:57 pm

  11. essa beleza é a cara do Sonic
    Nynho!!!!

    Comentário por Nynho — novembro 3, 2009 @ 11:24 am

  12. se parece com a moto dos pawer rangers eu nao ligo
    o importante é que é confortavel e roda bem e o consumo é bem baixo
    eu vou comprar uma dessa pra mim….

    Comentário por filipe — fevereiro 7, 2010 @ 3:56 pm

  13. olá gostaria de saber como melhorar o desempenho da cg titan, já rodei 25.000 km a moto não passa dos 100/hora e o consumo é 27/litro

    Comentário por humberto — maio 7, 2010 @ 9:34 pm

  14. é roça a nova 150 mix,gasta muito faz na gasolina 28 e no alcool 25 é mais uma porcaria para a genta gastar mais é mais um caminho para outras marcas, a honda esta perdendo terreno, ta parecendo um dorjao v8

    Comentário por marcos pantera — fevereiro 27, 2011 @ 9:45 pm

  15. Tenho uma CG 150 2010 EX e posso andar 320km no alcool antes de abastecer. Agora quero saber como foi feito o calculo para 600km. Ps: Aqui na cidade ninguém passa de 300 a 320km.

    Comentário por Matheus Cremaschi — junho 15, 2012 @ 9:21 am

  16. Bem eu tenho uma Fan 150 ano 2011, já rodou 38000 km, chega até 130 km/h em descida de rodovia com ótimo asfalto, mas gasta muito a relação, judia demais. Seguindo meus cálculos médios eu abasteço sempre R$10 de gasolina e completo com alcool(quando o alcool fica custando no minimo 70% o valor da gasolina), chega a fazer de 29 a 32 km/l. Uso apenas Óleo Mobil da embalagem preta(altamente recomendado), no qual roda 2.500 km sem alterar muito a cor, mas eu recomendo para aqueles que rodam muito em alta velocidade e reabastece várias vezes, trocar quando chega a esta quilometragem. Pessoal, motores Flex, jamais utilizem Óleo Ipiranga, é o pior, a partir de 1.200 km baixa muito absurdamente e consome bem mais combustivel(alerta) e alem disso é o mesmo preço do Mobil Preto. Um oleo intermediario e barato que eu recomendo é o Lubrax(Petrobras) este tb é bom roda sem baixar o nível até 1800 km, mas é interessante sempre notar o cheiro e a viscosidade regularmente. Alerta de 1000 km em 1000 km é opcional trocar. o manual do proprietario recomenda em até no maximo 4000km sem trocar, mas tem “espertinhos” de posto(principalmente) e oficina para ganhar do consumidor engana dizendo que tem que ser trocado de 1000 em 1000 km.

    Comentário por Léo Morrisom — julho 18, 2013 @ 6:23 pm


Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Silver is the New Black. Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: